segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Kimura: Uma aula de chão

Amigos, a vida não é eterna mas a lembrança é. E o amigo Mizael, que se foi precocemente, deixou boas lembranças nesse grupo especial. Fique com Deus amigo!

A vida continua e o Judô também, e nosso blog neste período de Carnaval mostra uma aula de chão do Mestre Kimura, um dos maiores campeões que o Judô já criou. Kimura teve câncer de pulmão e morreu em 1992 com 75 anos de idade.

Fica aqui nossa homenagem a estes dois judocas que (parafraseando as bonitas palavras de Rubens Penido sobre Mizael) "ascenderam ao grande DOJO".


domingo, 22 de fevereiro de 2009

Falecimento do Prof. Mizael Vicente de Oliveira

03/04/1953 a 21/02/2009

Comunicamos o falecimento do nosso estimado Professor e Árbitro Mizael Vicente de Oliveira, ocorrido no dia 21/02/2009, aos 55 anos, vítima de infarto agudo do miocárdo.

Os amigos do judô, entristecidos com a notícia, o têm na lembrança.
Mizael, querido por todos, amigo e companheiro.

Eternamente,
Associação de Judo Master do Rio de Janeiro

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Treino de 14/Fev/2009

Mais um treino com a qualidade de sempre e algumas visitas ilustres como o Prof. Miro, o terror dos pesos pesados, que prometeu aparecer regularmente daqui para a frente. Melhor para o judô e para todos nós. Marcelo Cruz de volta, pelo visto gostou do treino passado. Prof Márcio Moreira puxou desta vez um aquecimento mostrando como é possível fazer, sem o auxílio de pesos, um trabalho de força que também exige flexibilidade. Muito legal para fazer em casa e depois chegar no treino com aquela cara de inocente, dizendo ao adversário perplexo com a "mão pesada": "Poxa, mas eu não estou nem malhando...".

Abaixo, a foto da galera invocada do último treino antes do carnaval. Vamos torcer para que, na foto depois do carnaval, as barrigas estejam do mesmo tamanho, hehehe.



Randori "casca-grossa" durante o treino (Leo e Marcelo Cruz):

video

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Chamada para Treino 14/2, by IVAN

Amigos do judo,

Treino master de judo neste sábado, dia 14/2 começando as 9.30 hs no dojo do CR Flamengo. Esperamos vc.

Lembramos que o módulo de preparação física com aparelhos e circuit training do Marcus Gomes e Márcio Moreira inicia-se neste horário, é realizado de maneira organizada e retardatários terão atenção específica, orientação em separado. Eles também avisam que se desejarem preparação personalizada podem enviar e-mail para marcusgom@gmail.com ou marciobmoreira@ig.com.br, nada será cobrado por isso.

Perdendo a barriga, em forma, com saúde, hummm... campeão no tatame, anda na rua orgulhoso, bela figura master. Depois um mergulho na praia, água de coco e tantos amigos para onde vc. for, encontrar. Estamos aí, começando 9.30 hs.. O melhor grupo master do Rio de Janeiro. Campeões na vida e de verdade.

Semana que vem, Carnaval. Vamos interromper durante o período e voltaremos após. Pra quem gosta, sem exageros.

Morreu o prof. Helio Gracie e nos juntamos a todos os amigos em pesar na lembrança do mestre. Para a família Gracie, com carinho. Aqui no Rio o jiu jitsu, arte marcial de luta misturou-se ao judo, japonesa na sua origem, deu aos cariocas esta feição da habilidade tambem na luta Ne Waza da qual o Flavio Canto é a melhor expressão e reconhecido como o melhor do mundo.

O Brasil deve aos japoneses estas modalidades hoje populares. Veio do Japão, adaptamos e fizemos um estilo. Começa daí a história dos antigos mestres brasileiros.

Nos contou o Fernando Britto que seu pai, o Haroldo Britto, dono de uma academia de judo no Rio de janeiro, começou aprendendo jiu jitsu no Carlos Gracie, onde se destacou para depois chegar ao judo. Este é um Rio de Janeiro que formou muitos dos agora nossos, nas academias de judo do Hermany, do Haroldo Britto, do Mehdi... um Rio de águas do mar limpas, botos na baía da Guanabara, grandes meros, capital do país, praias cheias aos domingos e Copacabana princesinha do mar.

Haroldo Britto inventou a técnica de salvamento adotada hoje no mundo inteiro para afogamentos, que antes consistia-se em evitar o abraço do afogado dando-se uma porrada no sujeito para ele se entregar ao salva vidas. A mudança foi na abordagem, chegada e imobilização por trás, deslocamento flutuante até a praia com a cabeça do desesperado fora d'água. Isto se derivou de técnica do judo, foi pro mar. Argentina, Tailândia, Austrália, no mundo inteiro esta é a técnica de salvamento aplicada.

O Rio de Janeiro, esta grande cidade, tem histórias incríveis.

Vc. sabia?

Pensamos em contar algumas destas histórias e pedimos fotos.

É isso.
Sempre na sua,

Associação de Judo Master do Rio de Janeiro

E bom Carnaval.
Ou boa pescaria.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Treinão 07/Fev/2009

Com a sequência dos treinos e o excelente trabalho dos nossos preparadores físicos (veja a entrevista com ambos em uma postagem da semana passada) a rapaziada já está com outro ritmo. Como a Federação agora dividiu as categorias em "Alto rendimento" e "Nova geração", nenhum de nós vai ter que aturar a piada de que o Master é a combinação de "Velha geração" com "Baixo rendimento". Abaixo, a foto da galera do treino de hoje, que continua comparecendo em número cada vez maior. Marcelo Cruz da seleção também apareceu para dar uma força. Valeu!

Novas Regras do Judô, by Hamilton

Aqui vai uma contribuição do Hamilton para o nosso desempenho nas competições, quanto antes ajustarmos nossa estratégia de luta às novas regras, melhor.

PONTUAÇÕES
Foram reduzidas para:

1)YUKO
2)WAZA-ARI
3)IPPON

TEMPOS DE OSAEKOMI-WAZA

1) de 1 segundo a 14.9 segundos não se pontua.

Obs: Se este Osaekomi-wasa citado acima acontecer no Golden Score devemos levar em consideração caso haja HANTEI.

2) 15 segundos à 19.9 segundos a marcação será YUKO.

3) 20 segundos à 24.9 segundos a pontuação será WAZA-ARI

4) 25 segundos completos a marcação será IPOON.

PENALIDADES

1) Primeiro SHIDO – Servirá apenas como advertência

2) Segundo SHIDO – Será marcado um YUKO para o oponente

3) Terceiro SHIDO – Será marcado um WAZA-ARI para o oponente

4) Quarto SHIDO – HANSOKUMAKÊ . Será marcado IPPON para o oponente

Obs: Na aplicação do quatro Shido o árbitro central deverá paralisar o combate, ordenar para que os atletas arrumem o Judogi através de gesto próprio, ou seja, mãos cruzadas esquerdo sobre a direita com os dedos apontados para baixo.

Toda tentativa de YOKO-TOMOE e TOMOI-NAGE, sem desequilíbrio do adversário, o atleta será punido com SHIDO (falso ataque).

Quando os dois atletas combaterem muito agachados, ambos deverão ser punidos com SHIDO. Caso só um mantenha essa postura este será punido sozinho.

Apresentar uma posição excessivamente defensiva um ou os dois atletas deverão ser punidos com SHIDO.

GOLDEN SCORE

Com a nova regra, o Golden Score passará para 3 minutos para as categorias Junior e Sênior.

O primeiro SHIDO será grátis.

O segundo SHIDO só poderá ser aplicado depois que o arbitro central consultar os laterais .

OBS: Caso os dois laterais façam o gesto pedindo o segundo SHIDO para um atleta neste caso não haverá necessidade dos três árbitros se reunirem .

Caso haja uma divergência muito grande para aplicação do segundo SHIDO no Golden Score os árbitros em comum acordo deverão consultar a comissão de arbitragem .

SAÍDA DA ÁREA

Com a nova regra, passa –se a utilizar o mesmo critério da luta em NE-WAZA, ou seja enquanto um dos lutadores mantiver contato com a área de combate, este não será interrompido podendo haver a metamorfose de UKÊ se transformar em TORI ou vice- versa.

Punição para saída de área

Se aplica quando o atleta sair deliberadamente da área de combate sem que haja KUMI-KATA.

Obs: Enquanto houver ação quando um dos competidores sai completamente da área e o outro mantém um dos pés em seu interior devemos deixar o combate prosseguir até que haja um motivo para sua interrupção através do MATTE.

PEGADA DE CALÇA

Qualquer pegada na calça do adversário, o atleta será punido com SHIDO.

Quando podemos pegar na calça? Quando houver um ataque , desequilíbrio e completarmos com agarre de calça . Quando for tudo simultâneo , ou seja : Ataque e pegada de caça juntos .

OBS : Sempre que houver um agarre de calça e depois o ataque , o atleta será punido com SHIDO.

As técnicas tais como : MOROTE-GARI , SUKUI-NAGE , KIBI-TISU-GAESHI , KATA-GURUMA , MAITE-GURUMA e outras , deverão ser executadas com as mãos espalmadas, evitando-se o agarre de calça para projetar o adversário .

PROJEÇÕES DE KOKA

Nenhuma pontuação será marcada e nenhuma vantagem para qualquer um dos atletas se levará em conta caso haja pontuações desta natureza , mas se for no GOLDEN-SCORE deveremos levar em consideração para o caso de HANTEI .

CONSIDERAÇÕES

A arbitragem se torna mais dinâmica com estas mudanças porem os árbitros deverão ter um treinamento adequado , um conhecimento total da regra e suas mudanças e as características necessárias para ser um bom arbitro , que são :

PRESENÇA , LEALDADE , PERSONALIDADE , IMPARCIALIDADE , RESPEITOS AOS COMPANHEIROS E ATLETAS , DETERMINAÇÃO , FRIEZA PARA DIRIGIR E ATUAR EM GRANDES COMPETIÇÕES , SABER TRIANGULAR , TER BOA VOZ DE COMANDO , CONHECIMENTO DOS GESTOS E SABER JUDÔ .

EMMANOEL ANDRADE MATTAR
Coordenador Internacional de Arbitragem da CBJ